Apetite Natural

Vegetarianismo, nutrição, reeducação alimentar, receitas, curiosidades e dicas.

Manipulados por Bactérias!

escravosdasbacterias

Assustou? Mas é isso mesmo!

Diz-se poraí que o nosso intestino é o nosso segundo cérebro, e com razão.

Pesquisas foram feitas sobre a nossa flora intestinal, e existem 100 TRILHÕES de bactérias que podem habitar em nossos intestinos.

De forma prática, essas bactérias sobrevivem comendo parte da comida que ingerimos, e as bactérias “do bem” nos ajudam nos processos digestivos no intestino delgado – onde os nutrientes são absorvidos –  quebrando moléculas, ajudando na digestão de alimentos mais difíceis de serem quebrados como carnes, queijos, etc.

Porisso vemos poraí as bebidas lácteas fermentadas do tipo “yakult”, iogurtes, contendo bactérias probióticas que nos ajudam na digestão.

Existem também bactérias “do mal”, que se alimentam de doces, frituras, alimentos danosos à nossa saúde, e de acordo com os pesquisadores: pessoas obesas possuem muito dessas bactérias no intestino.

Mas o que isso tem a ver?

“Micróbios tem a capacidade de manipular o comportamento e humor através da alteração dos sinais neurais no nervo vago, mudando os receptores de sabor, produzindo toxinas para fazer-nos sentir mal, e liberando recompensas químicas fazendo-nos sentir bem“, disse o co-autor do estudo Athena Aktipis, PhD.

A boa notícia é que os estudiosos afirmam que podemos alterar esse quadro através das nossas escolhas na alimentação. Tipo: A mente (a razão) no comando do apetite e não o contrário!

Porisso pessoas viciadas em certos tipos de alimentos, como por exemplo o chocolate ou frituras dificilmente conseguem controlar o impulso de comer esses alimentos. As bactérias que GOSTAM dessas coisas enviam toxinas para o sistema da pessoa fazendo com que ela se sinta mal, e quando a pessoa come um pedaço do “veneno” a recompensa vem em formas químicas que fazem a pessoa se sentir bem.

O que não significa que o alimento “faça bem” para a pessoa, mas “mascara” ou “camufla” o mal que acontece dentro do organismo da pessoa que ingeriu o doce veneno.

O preocupante é que muitas famílias tem cultivado hábitos nocivos à saúde de todos, incluindo as crianças. As pessoas desde o início da vída se habituam a comer alimentos que na verdade NÃO ALIMENTAM, e com o passar dos anos vemos as consequências nas filas de hospitais e clínicas. Pessoas com problemas cardíacos, diabetes, obesidade, osteoporose… e isso é somente uma amostra do dano causado pela má alimentação.

Como mudar essa situação?

Decidir não ser mais escravo de bactéria manipuladora já é um GRANDE COMEÇO!

Primeiro vamos especificar quais os alimentos que cultivam as bactérias DO MAL e matam as bactérias boas:

AÇÚCAR REFINADO * AÇÚCAR DO MILHO * ALIMENTOS PROCESSADOS, ENLATADOS * REFRIGERANTES * PESTICIDAS AGRÍCOLAS * CARNES NÃO ORGÂNICAS * ANTIBIÓTICOS * GLÚTEN * ÁGUA COM CLORO E FLÚOR * ESTRESSE * POLUIÇÃO * SABONETE ANTI-BACTERIANO * REMÉDIOS QUE INIBEM A ACIDEZ DO ESTÔMAGO * CERTOS TIPOS DE REMÉDIOS ANTI-INFLAMATÓRIOS. *

Alimentos que ajudam na RE-POPULAÇÃO de boas bactérias em nosso intestino:

Fermentados como: Iogurtes, probióticos (aqueles de farmácia de conservamos na geladeira), Kimchi, Chucrutes, Kefir, Kombucha, etc.

Exercícios físicos aeróbios ajudam na eliminação de toxinas, assim como ervas (lembra do coentro?), antioxidantes e massagens.

No começo não é fácil, principalmente para aqueles que na verdade NÃO DECIDIRAM MUDAR O ESTILO DE VIDA, mas eu garanto que após aquele período de abstinência, tudo fica MELHOR, MUITO MELHOR!

O apetite se transforma, o paladar consegue perceber os sabores delicados de uma alimentação mais natural sem “artigos excitantes do sistema nervoso – causam depressão e estresse”. Os pensamentos ficam mais claros, facilita o aprendizado e a concentração, e até a forma física melhora!

Vamos fazer uma faxina em nosso organismo hoje?

 

Imagem ***

Kibe de forno Vegano

kibecapaEu gosto muito dessa receita, pois é simples de fazer e bem nutritiva! Eu vejo como um “coringa” naqueles momentos em que não estamos muito dispostos a passar tempo na cozinha =)

Vamos aos ingredientes:

  • 1 Cenoura ralada
  • 1 Cebola picadinha
  • 1 Tomate picado
  • 5 Azeitas picadas (eu misturei verdes e pretas)
  • 1 Copo de cebolinha picada (eu usei também os talos)
  • Algumas folhas de hortelã picadas
  • 1/2 Dente de alho (opcional)
  • 1 Copo de proteína de soja texturizada (carne de soja)
  • 1 Copo de triguilho
  • 1 Colher de sopa de chia hidratada em um pouco de água, para virar uma geléia (substitui o ovo para dar liga)
  • Sal a gosto
  • Molho de soja tipo shoyo (usei um orgânico, sem o terrível glutamato monossódico)
  • Azeite de oliva

kibe1kibe2

Coloque os veggies em uma vasilha grande para facilitar a mistura. A proteína de soja e o triguilho devem ser hidratados para ficarem macios, e perder aquele gosto “amargo” básico de sempre! Eu deixei hidratando por uns 5 minutos e então eu drenei em um pano fino (podes usar peneira ou as mãos).

kibe 3Eu gosto de temperar apenas a proteína de soja com o molho de soja, e em seguida misturar todos os ingredientes com os veggies. Acho interessante provar como está de sal antes de colocar mais sal, só para garantir que não vai ficar muito salgado. Tempere a gosto e misture bem :D

Essa receita pode ser feita com outros veggies também, como abobrinha ralada, cogumelos, couve-flor, espinafre… é bem versátil =)

Asse em forno médio 180 graus até o kibe ficar mas escuro no topo, mais ou menos uns 40 minutos dependendo do tamanho da forma que escolher usar.

kibe4Hoje eu super estava afim de comer um “veggie burguer” então o kibe substituiu o hambúrguer do sanduíche pra mim  =)
Mas pode ser servido juntamente com os pratos do almoço, com saladas, feijões, arroz, etc.
Estava uma delícia!!

 

 

Almoço em 30 minutos!

almoco30minutos

Esse foi o meu almoço de hoje. Comida simples e rápida de preparar, recheada de vitaminas, proteina, e minerais.

Primeiro foi preparado os pratos que demoram mais: As lentilhas e as cebolas.

A lentilha foi cozida em água com 1 folha de louro – sem óleo – e quando estava quase pronta foi adicionado algumas folhas de espinafre picadas, 1 tomate médio picado e sal. Ao final foi usado o sumo de 1/2 limão para dar aquele toque especial no sabor.

ALMOCO30MIN1

Ao mesmo tempo o forno já estava aquecido, e com as cebolas caramelizando:

2 cebolas médias cortadas em 4 – sem debulhar – temperadas com o sumo de 1/2 limão + uma pitada de açúcar mascavo + 1 pitada de sal e 1 colher de azeite de oliva.

Massageie esse tempero nas cebolas até misturar bem (sem despedaçar as cebolas) e asse no máximo  por 30 minutos, mexendo a cebola de vez em quando em seu caldo.

ALMOCO30MIN2

Em seguida ficou a parte mais rápida desse almoço:

O arroz fica pronto em aproximadamente 10 minutos com água fervente.

Foi cozido com água, 1/5 col de chá de óleo de coco + sal.

ALMOCO30MIN3

Os veggies ficam prontos em 5 minutos. O brócoli fica pronto em 5 minutos ou menos – até ficar bem verde e ao dente – no vapor.

ALMOCOEM30MIN4

 

A salada foi feita com 1/2 cenoura ralada + algumas folhas de repolho roxo picadíssimo + um copo de tomates cereja picados em 4 + 1/2 limão + azeite de oliva + sal + 1 colher de sopa de vinagre de maçã orgânico (pode usar suco de maçã se preferir). Fica bem azedinha e refrescante.

ALMOCOEM30MIN5

No final, a mesa ficou assim:

almoco30minutos

Para dar aquele toque de vitamina B12  na comida para os vegetarianos, pode ser acrescentado ovos cozidos na salada, ou para os veganos: tempere as lentilhas com “Marmite” ou similares como “Vegemite“, que é um composto escuro à base de levedura contendo as vitaminas do complexo B.

Esse almoço me deixou com saudades, e vontade de fazer um segundo prato com a mesma quantia do primeiro, mas eu resisti! Ficou delicioso!  =)

 

 

A deliciosa Alcachofra

alcachofracapaHoje foi a primeira vez que eu fiz alcachofra, normalmente eu comia em restaurantes e sempre achei uma delícia, mas ainda não tinha surgido o interesse em preparar em casa.

Muito fácil porém trabalhoso, mas o resultado compensa o tempo gasto!

Tem grande efeito antioxidante, contendo-os na forma de fito-nutrientes que são os Cynarin e Silymarin que possuem efeitos positivos no fígado. Alcachofras tem a reputação de auxiliar na cura de doenças do fígado!

Estudos mostraram também que auxilia na digestão, reduz os níveis de colesterol (LDL) o que diminui os riscos de doenças coronárias.

Possui propriedades que melhoram a flora intestinal ajudando em irritações, infecções entre outras complicações.

Nutrientes:

Proteína, Vitamina A, C, E, K, Tiamina, Riboflavina, Niacina, B6, Folato, Ácido Pantotênico, Cholina

Cálcio, Ferro, Magnésio, Fósforo, Potássio, Sódio, Zinco, Cobre, Manganês, Selênio.

Como que eu fiz?

alcachofra2

Eu segui as instruções básicas:

O talo é comestível, porisso retirei aquela parte fibrosa (igual ao talo de brócoli) e em cada corte esfreguei limão para não oxidar e ficar marrom!
Na pontinha de cada folha pode haver espinhos, então cortei com a tesoura as pontinhas, sempre esfregando limão em tudo para não ficar marrom.

No final, deixei de molho em água com bastante limão.

alcachofra3

Em seguida, cozinhei em água baixa com limão por 35 minutos. Algumas pessoas deixam por mais tempo, mas é bom checar, pois quando a folha sai com facilidade quando puxada é porque está pronto. Pode também temperar essa água com sal, alho, ervas… aí é só usar a criatividade.

Eu gosto de alcachofra bem azedinha :D

alcachofra4

Depois de cozida, temos que retirar a parte do meio, pois não é comestível. Essa parte na verdade é uma flor, cheia de fibras que grudam na garganta e é facilmente retirada depois que a alcachofra está cozida por estar macia.

alcachofra 5
Ali naquela parte aberta, já sem a flor, muitos colocam molhos, patês para então servir. No meu caso eu usei apenas muito limão, sal e azeite.

O coração da alcachofra pode ser também colocado em conserva com limão e azeite, e refrigerar. Pode então ser usado em saladas, molhos, assados, sanduíches, etc.

Sem tempero nenhum o sabor é adocicado e lembra um pouco a batata doce, mas fica excelente com limão, e tem uma consistência parecida com a do palmito em conserva quando refrigerado.

alcachofra5
Ficou uma delícia! Espero que gostem; e para quem já tem experiência com alcachofras, compartilhe as receitas conosco =)

Benefícios da PIPOCA

pipocafelizDepois de uma semana sem publicar no Blog, nada mais gostoso do que falar sobre pipoca.
Há alguns anos atrás eu tinha ouvido falar que a pipoca é rica em fibras, com vitaminas, mas nunca havia me aprofundado no assunto.

Existiam também as lendas de que a pipoca engorda e faz mal… mas na verdade a culpa nunca foi da pipoca mas sim do excesso de sal, óleo, açúcar ou outras gororobas que muitas pessoas misturam na pipoca; aí não há alimento saudável que aguente  :D

Eis os benefícios à saúde:

- Antioxidante:

A pipoca contém o Polifenol, um antioxidante presente também em frutas e vegetais, que combate os efeitos terríveis dos radicais livres como o envelhecimento precoce.

Protege as células do corpo, prevenindo doenças degenerativas como o câncer, diminui o colesterol (LDL) protegendo o coração.

Contém também a luteína e a zeaxantina, antioxidantes que fortalecem a saúde dos olhos prevenindo até mesmo a catarata!

- Auxilia no emagrecimento:

Rica em fibras, contendo o dobro de uma porção equivalente de alface, ajudando a varrer o intestino (excelente na gravidez). Também possui um tipo de amido complexo de digestão mais lenta, o que promove a sensação de saciedade por mais tempo, reduzindo o apetite.

-  Proteína – Vitamina A – Vitamina E – Vitamina K – Tiamina – Riboflavina – Niacina – Vitamina B6 – Folato – Cholina – Cálcio – Ferro – Magnésio – Fósforo – Potássio – Zinco – Cobre – Selênio

* Fortalece os ossos, faz bem à pele e aos músculos, auxilia no processo digestivo, combate a diabete, diminui doenças coronárias (magnésio).

* Auxilia na Desintoxicação de metais pesados e melhora o sistema imunológico (selênio).

–> A parte branca da pipoca é porosa e absorve óleo ou água com facilidade porisso não é recomendado prepará-la com muito óleo, pois fica saturada e faz muito muito muito mal. No meu caso eu faço sem óleo nenhum!

Se preferir usar óleo no preparo da pipoca, eu recomendo um fio de azeite ou óleo de coco por serem menos “malévolos” à saúde quando aquecidos.

O uso de açúcar também, como sabemos, não é saudável fazendo desse alimento uma bomba para engordar, para degenerar a saúde e para elevar os níveis de açúcar no sangue causando muitos danos e facilitando à acidez do sangue (ambiente que favorece o câncer e doenças).

Eu preparo assim:

pipoca 1

Após poucos minutos a pipoca começa a estourar!

Para temperar eu uso pouco sal e orégano. Também pode ser usado curry, canela, e ervas para dar aquele toque especial na pipoca!

Use a criatividade :D

pipoca3

 

Vamos comer pipoca hoje?

:D

 

Strogonoff Exótico Vegano

strogonoffvegano  Quando eu era adolescente e resolvi tornar-me vegetariana, o meu pai, que sempre gostava de fazer strogonoff em casa – de carne – fazia para mim um strogonoff de cenoura e vegetais, o qual ele apelidou de “strogonoura”! :D

Por outro lado, a minha mãe sempre fazia o strogonoff básico vegetariano com o “glúten” ou proteína texturizada e vegetais.

Eu sempre gostei de ambas, e hoje me deu vontade de misturar as 2 receitas, e ao mesmo tempo dar um toque exótico com gengibre, leite de coco e especiarias! Ficou uma delícia!

Vamos fazer?

Ingredientes:

  • Molho vermelho: 2 tomates maduros + 1 pimentão vermelho + 1/2 dente de alho picado + 1/2 cebola picada + 4 colheres de água = batidos no liqüidificador ou processador;
  • 1 cenoura pequena + 1 beterraba pequena = cozidas no vapor ou com água – ao dente!
  • 200 ml de chá de gengibre;
  • 120 ml de leite de coco;
  • 1/2 colher de chá de cravo (opcional);
  • 1 folha de louro;
  • 1/2 copo de castanhas de caju – cruas e sem sal;
  • 1/2 cebola fatiada;
  • 1/2 dente de alho fatiado;
  • Cebolinha e salsinha a gosto;
  • 1 copo de proteína de soja texturizada hidratadas em água para tirar o gosto amargo – eu usei os 2 tipos, as “bolotas” e as granuladas =)
  • Sal a gosto
  • SEM ÓLEO!!!
  • Essa receita rende aproximadamente 3 porções!

strogonofingredientes

Para “montar” o Strogonoff na panela :D vamos dividir o processo em 4 etapas bem simples:

strogosteps1Note que para refogar a cebola e o alho, foi usado apenas o chá de gengibre! Se quiser mais picante podes acrescentar mais fatias do gengibre usado para fazer o chá juntamente com o refogado. Cada etapa é bem curta para não cozinhar em excesso os ingredientes e assim acabar “matando” todo o sabor e as vitaminas.

Ao final dos 10 minutos da última etapa, desligue o fogo e acrescente a cebolinha e a salsinha e misture. =)

strogocheiver

O resultado ficou uma delícia! Acho que da próxima vez vou arriscar acrescentar na etapa 4 algumas folhas de espinafre e cogumelos. Acredito que também pode ser adicionado alguns cubos  de berinjela (deixadas de molho em salmoura por 20 minutos) :D

strogopratoSirva com arroz e saladas =)  e bom apetite!

strogoclose

 

Sobremesa cremosa de “chocolate”

 

 

chocolate

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma ótima sobremesa para quem está com aquela vontade de sentir o sabor de chocolate e sem comprometer a dieta ou a saúde.

Pode ser usada sozinha, com frutas, como cobertura de bolos, enfim, é super versátil.

Vamos fazer?

chocolatecomchiaPrimeiro, por alguns minutos, misture a chia com a água. As sementes vão inchar e formarão uma goma pastosa, como se fosse uma geléia. (200 ml de água).

Em seguida coloque todos os ingredientes incluindo a chia, no liqüidificador ou processador e bata por alguns minutos.

Tenha em mente que o chocolate amargo não possui açúcar e é, como diz o nome, AMARGO. Então as tâmaras, mel e as castanhas servem para amenizar o sabor amargo e substituir o açúcar e o leite da dona vaca! Nada que não possa ser adaptado ao seu paladar!

1 colher de chocolate ou alfarroba é o suficiente. (a alfarroba simula o sabor do chocolate) :D

A banana deixará o sabor ainda mais completo e a textura mais espessa.

Em seguida coloque em uma vasilha, e refrigere por algumas horas. Pode também colocar em fôrmas de sorvete e colocar no freezer.

Ficou uma delícia com mirtilo (blueberries)! Combina também com uvas, cereja, banana picada… delícia! Acho ótimo para o final da tarde naqueles momentos blás quando estamos com vontade de algo doce mas não sabemos o que comer.

A chia é rica em ômega 3,cálcio, fósforo, potássio, proteína.

A banana tem vitamina A, C, E, K, Folato, Niacina, Cálcio, Ferro, Magnésio, Potássio, Fósforo, proteína, etc.

O chocolate puro, tem proteína, vitaminas E, K, cálcio, ferro, rico em magnésio, fósforo, potássio, zinco, etc. — mas use com moderação, 1 colher é o suficiente.

A alfarroba possui praticamente os mesmos atributos do chocolate, e ainda mais: Vitamina B12.

Com certeza essa sobremesa além de gostosa faz bem… e as crianças irão amar!  :D

 Imagem por “Karem McAllister

Patê de Castanha de Caju

patê Um patê muito fácil de fazer, precisando apenas de um liqüidificador ou um processador para misturar todos os ingredientes. Para aqueles que gostam de um sabor “agridoce” como eu, recomendo adicionar a tâmara! Para quem não gosta de misturar sabores, substitua a tâmara por ervas como salsinha, cebolinha, etc. Algumas pessoas gostam de bater junto no patê coco fresco ralado… Esse patê, dura apenas alguns dias  na geladeira! Fresco é sempre melhor! Sugestões de consumo:

  •  com cenouras, pepino e salsão em tirinhas como aperitivo;
  • com bolacha salgada com tomate+cebola picadinhos;
  • com pão fresco ou torrado, combinando outros veggies para rebuscar o sanduíche =)

A castanha de caju faz bem à saúde: –  Proteína – Vitaminas: E, K, Tiamina, Riboflavina, Niacina, B6, Folato, Acido Pantotênico – Minerais: Cálcio, Ferro Magnésio, Fósforo, Potássio, Zinco, Cobre, Manganês, Selênio

  1. Previne o Câncer (flavonóides presentes + cobre)
  2.  Faz bem ao coração (baixa em gorduras)
  3. Abaixa a pressão alta (magnésio)
  4. Cabelos sadios (Cobre)
  5. Ossos saudáveis (cálcio, magnésio)
  6. Nervos saudáveis (magnésio)
  7. Previne pedras na vesícula biliar (reduz o risco em 25% se consumida diariamente)
  8. Ajuda na perda de peso (contém o bom colesterol)
  9. Antioxidante (selênio, cobre, magnésio auxiliam as enzimas no processo)
  10. Auxilia na digestão
  11. Dentes e gengivas sadias (magnésio)
  12. Depois da menopausa, proporciona um sono relaxante à noite
  13. Radicais livres ( ajuda nosso corpo a utilizar o ferro apropriadamente e assim eliminar esses inimigos)
  14. Fortalece a proteção dos olhos contra os raios UV.

Mais motivos para gostar de castanhas de caju? Faça o Patê, faça leites, coma após o almoço (sem torrar, cru é mais gostoso e saudável), hidrate por algumas horas e coloque nas saladas, no arroz, em tortas, em recheios variados… e viva com qualidade  =)

Germinando Grão-de-Bico em casa!

graodebicogerminado

 

O grão-de-bico com seu sabor suave complementa qualquer refeição e dá corpo às receitas devido à sua textura. Possui um ótimo valor nutricional para todas as idades incluindo:

** ômega 3 ** Proteína

** Vitaminas: A, C, E, K, Tiamina, Riboflavina, Niacina, B6, Folato, Acido Pantotenico, Cholina

** Minerais: Cálcio, Ferro, Magnésio, Fósforo, Potássio, Sódio, Zinco, Cobre, Manganês, Selênio

Também é rico em isoflavonóides que têm ação ** Antioxidante  ** Anti-cancerígeno ** Anti-inflamatório ** Auxilia nos sintomas da Menopausa ** Reduz o Colesterol ligado à problemas cardíacos e derrame ** Reduz o risco de câncer de mama e próstata.

Além disso o grão-de-bico é baixo em calorias o que auxilia em dietas sem perder vitaminas e minerais essenciais à saúde.

Porém, quando germinado essas propriedades são multiplicadas em 100x mais, ou seja, preparado cru ou cozido o grão-de-bico será uma bomba nutritiva para nós.

Como germinar? Muito fácil:

  • 1 copo de grão-de-bico cru
  • água

1) Deixe de molho o grão-de-bico em água durante a noite inteira (deixe aproximadamente 16 horas).

2) Escorra a água e enxágüe bem e coloque os grãos em uma peneira – coloque uma panela vazia embaixo para não pingar água =)

3) Tampe com um guardanapo de pano.

4) Esporadicamente enxágüe os grãos com água corrente, e volte a cobrir com o guardanapo.

No dia seguinte espere um pouco e eles ficarão mais ou menos assim:

germinado

 

 

Ai! Eu achei uma gracinha! No final do dia os brotos estavam maiores. Eu deixei os brotos crescerem por mais 1 ou 2 dias fora da geladeira enxaguando-os esporadicamente durante o dia e voltando a cobrir com o pano.  Eles duram na geladeira submersos em água até 1 semana, trocando a água todos os dias de manhã.

E então eu fiz uma sopa de legumes usando o grão-de-bico germinado, que antes era 1 copo, e após germinar viraram mais copos :D

sopagerminadaAA

Eu piquei todos os ingredientes em pedaços pequenos para não precisar cozinhá-los por muito tempo na pressão, então somente 10 minutos depois que pega pressão na panela e os veggies já estarão macios para bater.

Não coloquei muita água para a sopa, depois de batida, ficar espessa e confortante :D

sopagerminada

O resultado ficou delicioso :D

 

 

 

Macarrão de Berinjela

Imagem

Com essa receita temos 2 opções: Fazê-la toda crua (como no meu caso) ou cozida! A maneira que escolher fazer vai ficar gostosa do mesmo jeito – somente a cobertura permanece crua se escolher cozinhar a receita!

Quando eu estava comendo, estava tão gostoso que eu tive a impressão de estar comendo algo que não devia… mas tudo era permitido =)

Receita cheia de vitaminas, proteínas, gorduras do bem, e minerais! Quer mais?

Vamos aos ingredientes:

ingredientesberinjela

Se não quiser usar a berinjela por algum motivo, dá pra fazer o mesmo com abobrinha, sem precisar deixar de molho com água e sal :D

Imagem

Para tirar o gosto amargo da berinjela precisa deixá-la de molho em água com sal por pelo menos 20 minutos!

Enquanto isso, fazemos o molho:

Imagem

Eu usei o molho cru, pois o alho e a cebola deixam o molho “picante” =)  Mas após triturar tudo, pode também ser aquecido até ficar na temperatura que quiser!

Vamos preparar a cobertura:

Imagem

A semente de pinus se não for encontrada pode ser substituída por alguma castanha de sua preferência – experimente a castanha de caju crua.

Após os 20 minutos de molho, a berinjela irá ter desidratado um pouco, o que é normal! Enxagüe bem para não ficar nada amargo. Eu misturei um pouco de óleo de coco, mas podes usar também o azeite de oliva! Eu aqueci por 2 minutos (para ainda continuar crua) apenas para ficar mais macia! Mas existe a opção de refogar a berinjela para ficar cozida!

Imagem

Agora é só montar o “macarrão”:

Imagem

E bom apetite!

Imagem

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.